Plataforma de gamificação para jovens discutirem soluções políticas reais.

Estimulando as gerações “Millennial” e “Z” a debaterem política, garantirem retorno para as suas ideias e co-criarem cidades inteligentes.

desafio

Transformar a política em uma assunto estimulante e atrativo para jovens com ajuda da tecnologia.

resultado

Uma ferramenta poderosa para engajar jovens a criar, compartilhar e discutir soluções políticas contundentes.

impacto

impacto Implantação da plataforma em municípios de Portugal, estreitando a comunicação e estimulando o debate entre a comunidade e seus governantes.

cliente

MyPolis

MyPolis foi o vencedor do prêmio StartupIN da 1STi, concurso destinado a empreendedores que aliam, ao seu modelo de negócio, ideias e soluções tecnológicas avançadas a projetos de impacto social. O aplicativo foi criado para transformar a política em um assunto atrativo e estimulante, principalmente para as gerações “Millennial” e “Z”.

Criado pelo empresário português Bernardo Branco Gonçalves e desenvolvido pela 1STi, MyPolis oferece uma abordagem leve, simplificada, porém bastante eficiente. A intenção do canal é que: aproxime os cidadãos dos debates políticos e das reais necessidades das cidades; estimule a criação e compartilhamento de propostas construtivas e reais, além de estreitar o gap e facilitar a comunicação entre sociedade e seus governantes.

Dessa forma, nos mesmos moldes de uma rede social, o aplicativo estimula o usuário a produzir um perfil e fazer o upload de suas propostas na plataforma. Em seguida, os demais têm a oportunidade de concordar ou discordar da ideia; estimulando o diálogo, troca de consciência política e participação cívica.

A união entre a informação e colaboração potencializam o processo democrático e a atuação de cidadãos no desenvolvimento de questões que afetam a sociedade – fornecendo também um input certo para que ideias e propostas prosperarem.

Contudo, pensado para inspirar o público jovem, o diferencial do MyPolis é apostar em uma plataforma de gamificação – isto é, baseada em técnicas de jogos. Quanto maior for o engajamento individual, mais pontos e recompensas o usuário poderá adquirir. Por meio de parcerias com instituições públicas e privadas, esses pontos são transformados em entradas gratuitas (ou descontos) de atividades culturais: como teatro e cinema.

Outra vantagem é que o modelo, bastante intuitivo e de fácil implementação, é perfeitamente aplicável em outras cidades do mundo; com a possibilidade de ser absorvido tanto por prefeituras, quanto por empresas.